domingo, 25 de janeiro de 2015

DJentlemen

Acho que os DJ's leram a frase "Jesus is coming. Look busy." e levaram-na a sério. Demasiado a sério. Cada um é livre de acreditar na personagem imaginária que bem entender. Mas isto é ridiculo.

Sinceramente meus caros, acham mesmo que, a malta engole todo esse mexer continuamente em potenciómetros da mesa de mistura e carregar em botões de efeitos nos players, (ou simulação de), esse continuo pô...r e tirar de auscultadores, por duas pessoas em simultâneo (ou mais), durante horas a fio, como sendo a actividade que efectivamente gera todo o som que está a sair pelas colunas?

Acham mesmo que, a malta por muito ignorante que seja, por muito etilizada que esteja, desconhece por completo a função dos botões "Stop" e "Play"?

Acham mesmo que, é credível, mais de três horas de musica (conceito discutível, neste contexto) serem produzidas exclusivamente por loops manipulados em tempo real?
Se um musico fizesse exactamente a mesma coisa que vós, tocar durante três horas sempre os mesmos acordes, á mesma velocidade, qual seria a reacção/opinião do publico?

Acham mesmo que, os milhares de euros gastos nesses equipamentos, são a mesma coisa que os milhares de euros gastos num instrumento musical?

Acham mesmo que, passar mais de três horas a manipular loops sempre com o mesmo tempo... (oops, cadência, que tempo é para musicos), vos dá algum tipo de noção de ritmo, compasso, andamento?

Acham mesmo que, um crescendo, só se obtem acelerando progressivamente a cadência? Isto presumindo que sabem o que é um crescendo.

Acham mesmo que, fazer uma mistura, se resume a acertar a batida de duas musicas (automaticamente, porque manualmente já não vejo nenhum DJ fazê-lo há anos, muitos anos)? Fazendo tábua rasa de toda uma palete tónica?

Acham mesmo que, a malta não se apercebe da vossa ENORME ignorância musical? Tanto técnica como cultural?

Quanto ao conteúdo, ouçam o vosso proprio set, sãos, sem qualquer tipo de substância alteradora do processo cognitivo. E depois digam-me alguma coisa.
Quanto á postura, menos foclore e mais serviço, por favor.

PS - Há excepções. Claro. O Barrete, só o usa quem lhe serve.

Sem comentários: